home Viagens Dicas de viagem

Dicas de viagem

O final do ano está se aproximando e parece que sempre vem muito rápido. O período escolar logo terminará, períodos de férias se iniciarão, festas de fim de ano, natal, ano novo, férias coletivas no trabalho, e este ano em especial, com alguns feriados prolongados ainda por vir.

Então, o comportamento geral é o de viajar, conhecer novos lugares, visitar a família, ou simplesmente relaxar em algum lugar bonito, agradável.

Para que tudo dê certo e funcione da melhor maneira possível, planejamento antecipado é fundamental se você é DC, APLV, intolerante à lactose, sensível ao glúten ou tem alergias diversas (água, alimentos, bronzeadores e protetores solares, etc).

Listamos abaixo algumas dicas que podem ajudar você a ter uma viagem tranquila:

  • Antes de viajar faça uma pesquisa relativa a quais hotéis e pousadas oferecem alimentação sem glúten, sem lactose ou àquelas que você sabe que não pode consumir.
  • Se possível, fale com o chefe de cozinha ou nutricionista do estabelecimento, ou quando possível, já no local, peça para ver como os alimentos são preparados. Nem todos os lugares permitirão, mas se você explicar sua condição, normalmente, você será bem atendido.
  • Alguns restaurantes já disponibilizam seus cardápios em suas páginas na internet, permitindo que você escolha, antes de sair de casa ou de onde estiver hospedada ou hospedado, opções de refeições. Importante lembrar que nem todos os ingredientes são listados nestas publicações, e muitas vezes um tempero pode conter a substância que você não deve consumir.
  • Restaurantes tem horários em que estão mais cheios o que pode tornar mais difícil este tipo de investigação. O chefe de cozinha ou quem manipula os alimentos pode ter dificuldades de responder suas questões com a calma necessária. Se possível pesquise em horários intermediários, explicando ao profissional que lhe atender qual é sua restrição alimentar.
  • Alguns estabelecimentos têm serviços especializados, e podem preparar sua refeição com antecedência, com os cuidados que você solicitar, como por exemplo pizzas ou massas sem glúten.
  • Em estabelecimentos que oferecem alimentos por peso ou bifes, escolha, por exemplo, saladas sem tempero e prepare-as do seu jeito, com os condimentos disponíveis (com limão, azeite, pouco sal, etc). Evite os alimentos com preparações muito elaboradas e que você não conheça todo o processo de seu preparo, nem os ingredientes utilizados.
  • Evite frituras. Elas podem ter sido preparadas com óleo reutilizado, onde tenham sido produzidos alimentos com glúten, por exemplo. Assadeiras também passam pelo mesmo processo, contaminando a preparação de alimentos sem glúten, quando utilizadas previamente para preparar alimentos com farinha.
  • Evite caldo de carne e molhos que, na maioria das vezes, são preparados com farinha de trigo para engrossá-los.
  • Nos buffets e restaurantes self-service e aqueles que utilizam carrinhos de sobremesa, sua atenção deve ser redobrada, pois pratos que não contêm glúten podem ser contaminados por outros, que o contêm, e estão próximos. Alguns clientes podem utilizar o mesmo talher para se servir de pratos com e sem glúten.

Nas viagens, leve junto seus medicamentos. Procure se informar sobre a localização de farmácias e mesmo hospitais próximos do local onde ficará hospedada ou hospedado.

A mesma atenção deve ser disponibilizada quando viajar com a família. Alimentos podem ser irresistíveis para as crianças e a pesquisa prévia ou a conversa com os responsáveis pelo estabelecimento são aconselháveis nestes casos. Todo o cuidado é sempre indicado, afinal, você quer apenas viajar e aproveitar suas férias sem ter dissabores e contratempos não programados.

Boa viagem!


Fonte: Redação Mundo Alérgico
Imagem: Freepik.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *