home Notícias Alergia às frutas cítricas: o que você precisa saber

Alergia às frutas cítricas: o que você precisa saber

A alergia a citrinos não é diferente de outras alergias alimentares. Seus sintomas são idênticos e as causas do mesmo tipo, referindo-se à incapacidade do organismo em processar uma determinada proteína presente na fruta.

A alergia ou intolerância às frutas cítricas têm, como características:

  • Sintomas digestivos: diarreias, vômitos, obstipação e cólicas;
  • Sintomas respiratórios: tosse, rouquidão, chiado no peito;
  • Sintomas cutâneos: urticária, coceira e eczema;
  • Reações anafiláticas: que ocorrem em vários órgãos ao mesmo tempo e que podem ser fatais.

Não há tratamento imediato para este tipo de alergia ou intolerância, a não ser tratar dos sintomas, normalmente com o uso de anti-histamínicos. No entanto, a atitude mais indicada é a eliminação da fruta do cardápio da pessoa.

As frutas cítricas são divididas em variedades de laranjas, limões, tangerinas e alguns frutos híbridos como pomelos (também chamada de laranja-natal [citrus máxima, cimboa ou confundida com a laranja doce comum], tangelo (ou tângera, tanja ou tânjara é um citrino que é híbrido de tangerina com toranja] etc.

As famílias mais conhecidas são:

  • Citrus sinensis: laranjas doces [laranja lima, piralima, hamlim, baia, baianinha, rubi, westin, pera, natal, valência e outras].
  • Citrus reticulata: rangerina cravo e tangerina poncã.
  • Citrus aurantifolia: limão galego.
  • Citrus latifólia: limão taiti.
  • Citrus limon: limão siciliano.
  • Citrus paradisi: pomelo.

 

As frutas cítricas fazem parte das frutas ácidas sendo:

  1. Frutas ácidas: abacaxi, caju, tangerina ou mexerica, jabiticaba, laranja, limão, romã, nêspera, ameixa, cidra, lima, marmelo etc.
  2. Frutas semiácidas: caqui, maçã, maracujá, manga, goiaba, pêra, pêssego, uva, morango, carambola etc.

 

Importante destacar que as frutas cítricas são aquelas que possuem ácido cítrico. São ricas em vitamina C. Muitas vezes estas características fazem com que as pessoas confundam a incidência de Vitamina C para classificar qualquer fruta como contendo ácido cítrico. Por exemplo o açaí, rico em vitamina C, mas tem ácido cítrico.

Há registros de pessoas com alergia ou intolerância às frutas cítricas e que as eliminam de sua dieta, precisarem de reposição de vitamina C.

Para saber qual é o seu caso consulte um médico alergologista. Através de exames disponíveis hoje em dia, pode-se chegar a um diagnóstico exato de sua condição e tratamentos podem ser iniciados.

Alguns hospitais e clínicas já utilizam como tratamento, a reinserção do alimento na dieta, em pequenas doses, com acompanhamento médico, para aumentar a tolerância ao alimento em questão. Outra boa prática é a adoção de um diário onde devem ser anotadas as reações aos alimentos e possíveis sintomas que possam surgir, como também, a leitura cuidadosa do rótulo dos produtos que vai consumir para saber sua composição e se pode fazer mal ou não.

Toda informação vai auxiliar o médico em seu diagnóstico. Automedicação não deve ser utilizada. Busque sempre a orientação especializada.


Fonte: Redação Mundo Alérgico
Imagem: Freepik.com

 

16 thoughts on “Alergia às frutas cítricas: o que você precisa saber

  1. Tenho alergia a laranja. Mexeriga e pokan nao tenho alergia. Se eu ingetir laranja ou suco ou ate mesmo fanta laranja fico 3 dias como se estivesse com pneumonia. Fico de cama. Dor no corpo todo e todos os sintomas da pneumonia. Quando era jovem tive umas 20 vezes comeco de pneumonia., segundo os médicos que me atendiam. Só depois de anos vim descobrir que era a laranja. Hoje tenho 56 anos. Não consugo laranja. Nem bala de laranja. MARTA

  2. Comi 1 pacotinho de balinhas de laranja fui parar no hospital e tive edema de gróti fiquei uma semana sem conseguir falar depois deste episódio uma simples laranja já me infeccionada toda a garganta.

  3. Tenho alergia a tudo que é ácido ou cítrico, sendo que as reações que me causam são os sintomas cutâneos! Além das frutas, tenho que evitar: vinagre, vinhos, cervejas e refrigerantes!

  4. Meu marido não pode comer quase nada cítrico, as reações são orais língua, lábios com tomado de bolhas que depois se transformam em aftas horríveis.
    Que médico devemos procurar para saber que alergia de fato é .Obrigada

  5. Boa tarde, diferente de vcs tenho alergia e o pior não sei o que é que provoca, já fiquei até 30 dias comendo somente comida de milho, no entanto, só diminuiu, mas não parou, se ficar 3 dias sem tomar um antialérgico volta os sintomas, parece até que tenho alergia ao oxigênio que respiro, se alguém tiver alguma experiência que possa me ajudar desde já agradeço.

    1. Olá já me senti assim. Mais de anos sofrendo. Fiz o exame de especifico IGG fundo mediterrâneo. Foram verificado 109 substância. Faço tratamento com uma Alergologista E uso homeopátia. Aqueles outros exames de pontinhos no braço o de 24 nas costa não é tão esclarecedor.
      Estou muito confiante que minha vida mudará.

  6. Eu sou alérgica a limão , maracujá, gengibre, acerola ,tamarindo e recentemente me sentir mal com laranja os sintomas são de falta de ar ,pressão baixa e desmaia eu sofro muito pois minha vida social é bem agitada e os restaurantes usam muito limão vivi passando mal

  7. Olá… Minha garganta dói por alguns dias quando como tomate ou batata frita ou bebo suco de laranja não observei mais nada de sintomas , isso seria alergia ???

    1. Olá. Não há como afirmar se é alergia. O melhor modo seria você documentar cada evento, anotando os alimentos ingeridos e as reações que provocaram. Depois, de posse destas anotações, ou ainda enquanto os sintomas estiverem presentes, procurar um médico especializado (alergologista). Somente ele, após exames e testes específicos poderá diagnosticar seu caso. Obrigado por entrar em contato conosco.

  8. Olá minha filha comeu catchup, bastante,deu reação ela ficou com a boca toda cheia de aftas, depois disso qualquer alimento ácido da um monte de brotoejas no queixo as vezes no buço. Será que é alergia?

    1. Olá. Os sintomas apresentados podem ser de alergia, no entanto, somente o exame por um profissional competente (alergologista ou médico) poderá apontar um diagnóstico correto. Se os sintomas persistirem ou se voltarem a ocorrer procure orientação médica. É importante também deixar de consumir o produto (catchup) temporariamente.

  9. Eu tenho muitas intolerâncias à várias coisas. Descobri com a realização de um exame de sangue chamado A200. Testa 209 tipos de alimentos. Infelizmente é um pouco caro e não está disponível no serviço de saúde pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *