home Entenda, Notícias Abelhas: o que fazer quando for picado

Abelhas: o que fazer quando for picado

Alergias provocadas por picadas de insetos são bastante comuns na estação do ano em que estamos. No verão eles proliferam, em função da temperatura, chuvas, e também por ser a época de acasalamento de várias espécies.

Neste período os acidentes com abelhas são bastante comuns, e em algumas cidades trazem números alarmantes. Choque anafilático é uma das intercorrências que podem acontecer, mas esta não é uma regra geral. Para prevenir e mesmo saber como se comportar se você for vítima de um ataque de abelhas, siga alguns dos passos apresentados, conforme orientação da Sociedade Brasileira de Dermatologia:

Quanto à presença de enxame ou colmeia

  • Se for picado afaste-se para uma área segura para evitar novas picadas;
  • retire o ferrão se ele estiver ainda em sua pele;
  • lave a área com água e sabão;
  • uma compressa de água fria pode aliviar a dor;
  • procure assistência médica o mais breve possível se não houver alívio com estas medidas.

Lembrando que reações alérgicas podem provocar náuseas ligeiras e cólicas intestinais, diarreia, inchaço local.

 

Os sintomas

De modo geral, se você tiver um dos seguintes sintomas, dirija-se a um pronto socorro rapidamente.

  • Dificuldade em respirar;
  • inchaço dos lábios ou garganta;
  • desmaio;
  • tontura;
  • confusão;
  • batimento cardíaco acelerado;
  • urticária;
  • náuseas, cólicas e vômitos.

 

Se a pessoa a ser socorrida não for você, verifique se ela tem remédios para tratar ataque alérgico. Nestes casos, vire a pessoa de lado para que ela não sufoque caso vomite ou haja sangramento nas vias aéreas;

  • afrouxe as roupas apertadas e cubra a pessoa com cobertor;
  • não dê nada de beber;
  • fique atento a todo tipo de reação que a pessoa possa ter, monitore à pulsação.

Estas medidas podem salvar a pessoa, até que o atendimento médico seja possível.

Se você tiver em sua casa uma colmeia com abelhas, não a remova sem ajuda de pessoa especializada ou mesmo, buscando auxílio com algum serviço municipal (Corpo de bombeiros, Defesa Civil ou outro serviço disponível em sua cidade).


Fonte: RMA
Imagem: Freepik.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *