home Bebidas, Notícias A tradição do Chá das cinco

A tradição do Chá das cinco

A tradição do chá das cinco, está consagrada em nosso imaginário. Além de ser delicioso, o chá é uma bebida muito popular entre nós, e tem sido apreciada das mais diversas formas. Não temos a tradição do chá das cinco, como os ingleses, mas é uma bebida muito apreciada entre nós. A iguaria é preparada através da infusão de folhas, raízes e flores da planta do chá (camellia silensis).

Há registros de seu uso desde a dinastia Tang da China (618 a 907 da era Cristã). Os primeiros informes de seu consumo entre os europeus é do ano de 1543 quando os portugueses chegaram ao Japão.

A tradição identifica o chá com os ingleses principalmente, devido ao célebre “chá das cinco”, instituído pela sétima duquesa de Bedford, no início do século XIX. Entre eles e entre outros povos, beber chá é um ato social, que deve ser compartilhado. Pode ser consumido durante o dia e principalmente pela manhã, graças à teofilina e à cafeína, que aumentam o estado de alerta de quem o consome.

Lendas a parte, o chá em suas mais variadas formas é delicioso e se constitui, para os alérgicos de forma geral, um bom substituto de bebidas a eles proibidas.

O chá no Brasil

No Brasil o cultivo do chá começou no século XIX, na região do vale do Ribeira no estado de São Paulo, mas, embora de excelente qualidade, não consegue competir com o preço dos chás produzidos na Ásia.

Os chás são classificados em 4 tipos principais, sendo eles:

  • Branco: folhas jovens que não sofrem os efeitos da oxidação. Os botões podem estar protegidos da luz do sol, para prevenir a formação de clorofila.
  • Verde: a oxidação é parada através da aplicação de calor, usando-se vapor, que é um método tradicional japonês (ou em bandejas quentes, método chinês).
  • Oolong: cuja oxidação é parada em algum momento, entre o chá verde e o preto.
  • Preto: oxidação substancial. Entre os chineses este chá é denominado de chá vermelho.

Os chás comercializados, normalmente, são misturas de vários tipos de chá, por exemplo, o chá Earl Grey mistura chás pretos, com essência de bergamota (fruta cítrica originária da Itália); chás com especiarias, tais como o indiano massala chai, são aromatizados com cardamomo, gengibre, canela, pimenta preta, o cravo-da-índia, o louro indiano e por vezes a noz moscada, comuns no sul da Ásia e no Oriente Médio.

De forma geral, há registros de quadros de alergia ao chá, mas não são muito frequentes. O consumo do chá em excesso pode ter efeitos negativos em nosso organismo. O chá possui fluoretos (provocam osteoporose e artrite e são cancerígenos) e oxalatos (provocam problemas renais).

Os chás têm sobretudo efeitos benéficos, pois todas estas substâncias que o compõe, quando ingeridas com moderação, trazem resultados positivos.

As folhas de Camomilla Sinensis são ricas em flavonoides, um tipo de polifenol, potentes antioxidantes.

Os chás não possuem glúten e lactose, podendo ser consumido com segurança por alérgicos e intolerantes.


Atualizado em 16Fev21

Fonte: RMA

Imagem: Freepik.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *