home Notícias O inverno de 2021 acaba de chegar

O inverno de 2021 acaba de chegar

O inverno de 2021 acaba de chegar nesta madrugada, às 00h32 e com ele a promessa de dias de muito frio, agasalhos pesados, bebidas e comidas especiais. Todos nós temos boas recordações desta estação do ano. Mas não é hora de relaxar. O inverno traz dermatoses e outros pequenos desconfortos. Para quem trabalha ao ar livre o cuidado deve ser redobrado.

A urticária alérgica ou “alergia ao frio” é causada pelo contato da pele ao frio. Todos estamos sujeitos a isto, mas em algumas pessoas os sintomas podem ser imediatos e desconfortáveis. Os sintomas surgem alguns minutos após a exposição ao frio e podem ser leves ou graves conforme a sensibilidade de cada indivíduo.

Em situações extremas, como por exemplo, a exposição à água gelada, em piscinas, rios ou lagos, pode ocorrer queda súbita de pressão. Neste caso pode vir acompanhada de perda de consciência ou anafilaxia.

 

A Alergia ao frio no trabalho

Como se pode imaginar, este tipo de alergia pode interferir nas atividades do trabalho, na manipulação de produtos congelados em supermercados, por exemplo, ou em frigoríficos. No trabalho ao ar livre a falta de agasalhos e vestimentas adequadas pode agravar algumas situações. 

As causas podem ser diversas e em alguns casos de difícil diagnóstico pelo médico. Segundo a ASBAI o diagnóstico é feito pela história clínica do paciente. Uma das verificações aplicadas é o teste do cubo de gelo. Aplica-se um cubo de gelo, protegido por um saco plástico, na parte interna do antebraço por 5 minutos. Quando o teste é positivo há vermelhidão e inchaço no local de contato do gelo. O paciente tem a sensação de coceira ou de queimação no local.

Nos casos de alergia ao frio basta evitar o fator desencadeante que é o contato ao frio e no uso de anti-histamínicos, com acompanhamento médico.

 

Observações

  • Se sua pele fica “empolada” ou coçando quando em contato com o frio, procure atendimento médico.
  • Tome banho morno.
  • Quando viajar para locais muito frios, procure manter-se agasalhado.

Quando possível evite

  • Ambientes muito frios
  • Esportes aquáticos em água fria.
  • Banhos de mar, rio, cachoeira ou piscina em água fria.

Lembre-se sempre, em qualquer circunstância evite a auto medicação. Apresentando sintomas, procure a assistência médica de sua cidade.

 

+ Sobre Alergias


Fonte: RMA/ASBAI.ORG.BR

Imagem: Freestock.org/Pexels


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *