home Alergias, Mais lidas, Notícias As bebidas alcoólicas e a alergia

As bebidas alcoólicas e a alergia

As bebidas alcoólicas e a alergia – As festas de final de ano se aproximam e apesar de não muito comum, a alergia à bebida alcoólica pode atrapalhar as comemorações. O que na verdade causa alergia, são algumas substâncias usadas na fabricação das bebidas. Entre elas a histamina, produzida pela levedura e bactérias durante o processo de fermentação. Bebidas como vinho, champanhe, licor podem causar nas pessoas mais sensíveis reações na pele. Urticária, coceira e vermelhidão, também dor de cabeça, sensação de inchaço e irritação estomacal são algumas delas.

Para os celíacos a cerveja naturalmente produzida da cevada, trigo ou centeio pode ser um veneno. Como na maioria dos casos o tratamento recomendado é evitar a ingestão da bebida alérgena. Para amenizar a situação dos apreciadores, algumas empresas criaram as cervejas com teor de glúten reduzido a um limite aceitável para o consumo. Porém apesar da semelhança, o público cervejeiro não considera que tenha o mesmo sabor da cerveja tradicional. Assim também já são produzidas cervejas de malte do milho, do arroz ou sementes de girassol por exemplo, porém essas estão longe de serem parecidas com a popular gelada.

Cerveja sem glúten

Infelizmente as bebidas sem glúten, como a grande parte dos produtos destinados a celíacos, tem um alto custo e isso impede que a quantidade de consumo seja a mesma que de uma cerveja comum. A recomendação em caso de alergia ou da doença celíaca, é não consumir as bebidas que causam alergia. Se desconfiar dos sintomas procure um especialista para tirar as dúvidas e fazer um diagnóstico correto.

+ Sobre As bebidas alcoólicas e a alergia


Mais lidas – 17/09/21 a 23/09/2021

Atualizada em 27Fev21

Publicada originalmente em 16Dez16

Fonte: RMA/Iara da Cunha Bernardes

Imagem: Bridgesward/Pixabay


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *